HOME
PSICOTERAPIAS
PQ. FAZER?
QUEM SOMOS
CONTATO
O CONSULTÓRIO
SOBRE O SITE
VALORES
ARTIGOS
REFLEXÕES
Autora do Artigo: Dra. Tatiana de P. M. Gamella

“Brinca comigo?” “Me ensina andar de bicicleta?” “Me ajuda na lição de casa?” “Me dá tanto para levar na escola?” “Pede para a mamãe?” “Cadê minha mesada?” “Deixaaaaa vai Paiiiiiii!!!” “Só hoje vai!!! Hoje Pode?” : Sobre Ser PAI, PAPAI, VÉIO, MEU VELHO...


Muitos homens se perguntam o que significa ser “ um bom pai”, essas dúvidas se devem aos conceitos trazidos pela sociedade (do que seria correto e o que não seria), as experiências vividas com seu próprio pai, padrasto ou figura que fez o papel de pai e as muitas expectativas que os pais criam em relação a seus filhos(as) . Porém, quanto mais o homem procurar compreender seu desejo de ser pai, maior e melhor será a oportunidade de vir a ser o pai que almeja.           

Aprende-se a ser pai na experiência do cotidiano. Com humildade e amor a vivência de ser pai pode modificar a vida de um homem. Não existe fórmula pronta ou secreta para ser pai, o importante é não se esquivar das lições que essa vivência oferece.

É importante o homem saber que ser pai não significa ser somente provedor, a paternidade exige muito mais. O pai se fazer presente, colocar limites, e dizer “não” faz parte, mas também dar carinho, atenção e cuidados são essenciais.

A paternidade tende a colocar o homem na humilde posição de eterno aprendiz, bem como vivenciar o amor incondicional.

O amor paternal significa também, não desistir nunca do filho(a). Não importa as adversidades. O pai presente pode significar a diferença crucial entre a boa e a má escolha que um filho(a) pode vir a fazer; dando opções de caminhos possíveis e saudáveis para seu filho(a).

O que um filho(a) quer é simplesmente saber que pode contar com seu pai, aconteça o que acontecer. Em certa fase da vida o pai é o herói, em outra companheiro, porém o mais importante é nunca esquecer que acima de tudo, o pai ocupa uma posição que não será de mais ninguém, tal posição é de referência; isto é, os filhos(as) espelham-se no pai. Isso pode ser maravilhoso ou cruel, pois alguns homens entendem que tem de ser infalíveis, e como é humanamente impossível entram em “colapso”.

Você que é Pai ou pretende ser, não tente ser perfeito ou infalível, pois, todos erramos ou cometemos deslizes, isto é do ser humano. Lembre-se que a beleza da vida está justamente nos acertos e erros. A vida seria muito chata e entediante se tudo fosse assertivo e perfeito, além do mais pais falham, porém se existe amor tudo pode ser superado.


ATENÇÃO! Todo o conteúdo desse site está registrado e protegido pela lei de direitos autorais. A cópia sem autorização é crime sujeito às penas da lei. Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na internet mesmo que citada a fonte (Inciso I Artigo 29 - Lei 9610/98). Quer publicar ou copiar os textos ou imagens do site? Fale conosco através do e-mail: contato@psicologasnoipiranga.com.br 
Site Map