HOME
PSICOTERAPIAS
PQ. FAZER?
QUEM SOMOS
CONTATO
O CONSULTÓRIO
SOBRE O SITE
VALORES
ARTIGOS
REFLEXÕES
Autora do Artigo: Dra. Débora de P. M. Gamella

A Falta de Desejo Sexual


Descartadas doenças orgânicas como por exemplo: hipertireoidismo ou hipotireoidismo, ou o efeiro de algumas drogas no organismo, a falta de desejo sexual, também chamada de inapetência sexual ou de inibição do desejo sexual são fenômenos psicológicos.

O medo e a ansiedade são os fatores psicológicos que lutam contra a apetência sexual ou o chamado desejo. Todos indivíduo, ( homem ou mulher ) nasce com a capacidade de ter apetite sexual diante de um estímulo erótico competente, portanto a apetência sexual ( desejo ) é uma potencialidade biológica. Esta potencialidade, assim como todas as outras presentes no ser humano, pode ser mais ou menos desenvolvida, e para isto irão contribuir favorável ou desfavoravelmente, o ambiente social, cultural e familiar. Sendo assim, o que em determinada sociedade pode ser altamente eficaz para despertar o desejo, em outra cultura esse mesmo estímulo pode ser neutro ou desestimulante.

Como potencialidade ela ( a apetência sexual ) existe no ser humano e pode ser estimulada, porém é válido também se afirmar que assim como há pessoas extremamente vorazes no seu apetite por comida, há outras menos apetentes, assim como, umas são mais sensíveis à dor que outras, à sede , etc… E neste sentido é importante a pessoa ter autoconhecimento para que ela seja seu próprio padrão, e não siga padrões utópicos que muitas vezes a mídia impõe à sociedade. É frequente a tentativa dos meios de comunicação impor padrões de comportamento, como aqueles vistos em novelas aonde os pares românticos aparecem sempre dispostos e desejáveis um do outro, porém se na vida cotidiana formos tentar nos comportar como esses modelos tenderemos sempre à frustação, pois estaremos deixando de levar em conta a individualidade de cada um.

A sociedade atual, sofre uma banalização do sexo. O sexo é utilizado para vender tudo, de cerveja a lingeries, de carros a cigarros, etc…

Esse bombardeio de apelos sexuais leva a um desgaste psíquico que pode culminar numa disfunção sexual, como no caso da inapetência.

Portanto, é preciso levar-se em consideração as diferenças individuais, a situação afetiva em que a pessoa se encontra e o primeiro passo do tratamento é o reestabelecimento do diálogo interior, isto é, a tentativa da pessoa se conhecer melhor, assim como a tentativa de manter uma comunicação mais eficaz com o  seu parceiro ( a ).


ATENÇÃO! Todo o conteúdo desse site está registrado e protegido pela lei de direitos autorais. A cópia sem autorização é crime sujeito às penas da lei. Proibida a reprodução integral ou parcial, para uso comercial, editorial ou republicação na internet mesmo que citada a fonte (Inciso I Artigo 29 - Lei 9610/98). Quer publicar ou copiar os textos ou imagens do site? Fale conosco através do e-mail: contato@psicologasnoipiranga.com.br

Site Map